terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O Calor de Tuas Cores....


"Sou livre para o silêncio das formas e das cores..."

Um comentário:

  1. Tão singela e bonita, é a poética do Manoel!... Abraço alado.

    ResponderExcluir